Uma grande parte do mundo está parada com o coronavírus, este que se está a espalhar a um ritmo alarmante. No mundo tecnológico, o COVID-19 está a testar a transformação digital, com muitas empresas a adotar medidas e políticas de trabalho a partir de casa e de não viajar. Obviamente, nem todo o trabalho pode ser feito a partir de casa.

Existem muitos tipos de tecnologia: soluções de compartilhamento de arquivos e colaboração de conteúdo como o Synplicity, Box, DropBox. Ferramentas de chat como o Teams ou Slack – ferramentas de conferência como o WebEx ou Zoom. Não é só tecnologia, é também cultura.

Trabalhar a partir de casa

O que é a transformação digital se não for para permitir que as suas equipas trabalhem em qualquer lugar em qualquer altura? Alguns gerentes não acreditam que os seus trabalhadores são produtivos em casa. No entanto, também há aqueles com uma perspectiva mais liberal, que entendem o trabalhador e que até eles próprios se sentem mais produtivos a trabalhar a partir de casa. Vamos então mostrar algumas dicas e razões sobre este tema.

Covid-19 - Trabalhar Remotamente

6 Maneiras de trabalhar remotamente

1.      Um benefício óbvio de trabalhar em casa é o facto de não se ter que preocupar com a roupa de trabalho. Visto que se está em casa não é necessária formalidade física na comunicação com os outros e é possível economizar dinheiro e também tempo.

2.      Flexibilidade no horário equivale a maior produtividade. Se trabalhar com equipas globais, começar a trabalhar às 5 ou 6 da manhã é mais fácil, por outro lado, é também mais fácil de trabalhar até tarde. Pode também ajustar-se ao fluxo e ao ritmo da cultura. Por causa da natureza da MrWedo, as manhãs estão reservadas a partir das 6 da manhã e por aí fora, enquanto outras empresas podem ter outro ritmo.

3.      A Cafetaria. Muitas pessoas dizem que se acaba por sentir falta de por as conversas em dia na cafetaria, o que leva a pensar no seu valor. O que realmente interessa é arranjar tempo para conhecer os colegas. Por exemplo, uma reunião pode demorar mais tempo para se pôr a conversa em dia. É preciso arranjar tempo para conhecer as pessoas com quem se trabalha, mas se não se fizer isso no escritório, não é remotamente que se irá fazer.

4.      Equilíbrio. É um desafio equilibrar a vida, mas quando se trabalha remotamente é possível ser muito produtivo na manhã e ao final da tarde/noite para se poder cumprir prazos – enquanto se está em casa no caso do COVID-19 afetar a sua área e os seus filhos precisarem de estar em casa com vigilância. Isto dá ao trabalhador maior flexibilidade para fazer o seu trabalho e para cuidar dos filhos.

Com isto há um alívio do stress (ou então o surgimento de outros), o que faz com que os trabalhadores estejam mais felizes e motivados.

5.      Procure o melhor local na sua casa ou então vá trocando. Procure onde se sinta melhor a trabalhar – com barulho, sem barulho, com luz, sem luz.

6.      Saia de casa, se possível, mas com algumas restrições. Apenas para arejar a cabeça, saia para certos espaços abertos que não tenham muitas pessoas, de forma a estar seguro e ao mesmo tempo aproveitar a saída.

Dicas para gerentes trabalharem remotamente

1.      Estar disponível. Tente estar disponível para falar com as suas equipas remotas quando elas necessitarem através de chats rápidos. É uma ótima maneira de se conectarem, partilhando fotos e memes engraçados para manter o ambiente positivo.

2.      Reservar tempo. Com reuniões agendas é essencial acrescentar tempo extra para a equipa analisar as tarefas, mas também a envolver e conectar.

3.      Não faça micro-gestão (confie). Você saberá se a sua equipa está a trabalhar, o trabalho irá falar por si próprio. Promova a ligação entre grandes equipas – em toda a organização. Convide-os para reuniões de aprendizagem.

4.      Promova viagens se possível (na ausência de pandemias). Isto é mais dirigido para equipas mais jovens. Por exemplo, enviar a equipa para eventos no lugar do gerente, visto que é bom para eles ganharem experiência e interagirem com outras pessoas e equipas. Ou seja, fazer um equilíbrio entre trabalhar remotamente e eventos mais sociais, se possível.

Covid-19 - Trabalhar Remotamente

Algumas pessoas não conseguem, de todo, trabalhar remotamente, outras não a 100%. Mas para aqueles que se sentem concentrados e à vontade pode ser uma grande vantagem. É um método que traz grande motivação mas para o realizar é preciso confiança, criatividade e tecnologia.